Eletrofiação

Eletrofiação

A eletrofiação permite o desenvolvimento de membranas poliméricas constituídas de fibras aleatoriamente distribuídas, formando uma rede tridimensional.No processo de eletrofiação, um elevado campo elétrico (aproximadamente 1 kV.cm-1) é aplicado à seringa pela qual o polímero é alimentado. Quando o campo elétrico aplicado sobrepõe a tensão superficial e as forças viscosas da gota, um jato carregado da solução polimérica é ejetado. Durante o trajeto até o coletor, o jato exibe regiões de instabilidade, o solvente evapora e fibras sólidas são depositadas no coletor.

 

FOTO

 

Tensão elétrica: até 30 kV

Tipo de amostras: soluções poliméricas puras ou contendo aditivos.